POETAS DOS ANOS 30 (2016) - REYNALDO VALINHO ALVAREZ (1931-)

Profeta Reynaldo Valinho Alvarez, um dos grandes poetas do Brasil.

Resultado de imagem para poeta dos anos 30

 

========

 

ALI ONDE NÃO SEI JÁ MEU NOME GRAVARAM

 

Metal fundido, dar-me-ão a forma.

 

Que jeito me darão, que modo ou tique

de falar, de dormir, de levantar?

 

E que andar me darão, se me dão corda

e me deixam no espaço nivelado

ensaiar a mecânica dos passos?

 

Que engenho colocaram no meu peito?

Que máquina se move no meu cérebro

e comanda meus membros, minha boca,

orienta meus olhos, meus ouvidos?

 

Como me chamarão? Terei um nome,

um número bordado, uma etiqueta,

um selo sobre o peito, um logotipo,

um timbre de ouro e sangue todo feito

de heráldicos brasões alfanuméricos?

 

Ali onde não sei já meu nome gravaram.

Espera-se que eu siga o programa traçado.

 

 

======

 

Poema de Reynaldo Valinho Alvarez

Minuta de Diego Mendes Sousa

Extraído da Antologia POETAS DOS ANOS 30 (2016), organizada por Joanyr de Oliveira, em homenagem póstuma da Associação Nacional de Escritores (ANE).

Por: artes