diego_mendes_sousa@hotmail.com|Envie uma mensagem|Saiba mais



Blog de artes

Dossel da Primavera Invisível - Poema de Diego Mendes Sousa

Quanto mais amadurece, mais Diego Mendes Sousa deixa claro, em sua obra, aquela convivência pacífica entre o apolíneo e o dionisíaco. O primeiro, na busca incessante da perfeição da forma literária.

Por: artes

Alinhavos de Lina Tâmega Peixoto - No Tempo da Casa e do Quintal

Por: artes

Meu Pai Completa Oitenta Anos - Crônica de Fabrício Carpinejar

Homenagem de Fabrício Carpinejar ao seu pai Carlos Nejar, escritor importante da poética nacional.

Por: artes

Carlos Nejar - O Demiurgo faz 80 anos de vida!

Raramente encontramos na Literatura Nacional um escritor que agrupe todos os elementos que constituem os Gênios.

Por: artes

A Literatura está em Festa - Datas Memoráveis em 2019

Em 2019, festeja-se a boa literatura produzida por Antonio Olinto, assim como o rio literário de Edir Meirelles, de Cyro de Mattos e de Celso de Alencar.

Por: artes

A Literatura está em Festa - Dos 100 aos 30, há 90 e 80 em 2019

"Os autores aqui escolhidos fazem parte da minha própria dicção como escritor. Tive o privilégio de privar com Margarida Finkel, Audálio Dantas e Eunice Arruda, hoje falecidos.

Por: artes

Ignorância e Egoísmo do Homem Comum- Crônica de Diego Mendes Sousa

Por: artes

Respeito e Resignação nos Madija - Crônica de Diego Mendes Sousa

Os indígenas Madija ou Madiha, cuja pronúncia é Madirrá, causaram-me enorme surpresa!

 

 

 

 

RESPEITO E RESIGNAÇÃO NOS MADIJA

Por: artes

As Túnicas dos Ashaninka - Crônica de Diego Mendes Sousa

Estávamos sob a fluência do Rio Envira, mas também sabia da existência dos Ashaninka do Rio Breu, do Igarapé Primavera e os do Rio Amônia, onde vive o estro de Milton Nascimento, Benki, consagrado no fino álbum Txai.

 

Por: artes

Primeiro Contato - Crônica de Diego Mendes Sousa

Por: artes