elmarcarvalho@uol.com.br|Envie uma mensagem|Saiba mais



Blog de elmar

Padre Sampaio – da Ininga para a Corte

No dia 10 passado, no hall da Academia Piauiense de Letras, enquanto aguardava a posse da nova diretoria, da qual faço parte, fiquei a conversar com o historiador Reginaldo Miranda e com o professor Osvaldo Assunção, curador de artes plásticas, que estava a prestar serviços à entidade, com vista à instalação de sua pinacoteca.

Por: elmar

VICISSITUDES DA VIDA

VICISSITUDES DA VIDA

Elmar Carvalho

Por: elmar

Moisés

Escravo,

não sou escravo da submissão

e meu último adeus será uma corrida

com os pés fora da corda-bamba.

Escreverei

um manifesto assinado

com o sangue de cada um,

com o suor de todos,

todos mocinhos

de um filme sem mocinhos.

Escarnecerei

os muros e os tetos das prisões

porque são exceções de um regime de

exceção.

Por: elmar

O goleiro e o Gato

Joguei futebol até os dezoito anos de idade, sobretudo na posição de goleiro, mas também atuando, algumas vezes, na lateral e na ponta direita. O trabalho e meus estudos me impediram de continuar praticando o esporte bretão.

Por: elmar

A localização da Fazenda Bitorocara *

Não há meio de convencer a um homem que não quer ser convencido.

                            Joaquim Manuel de Macedo

Por: elmar

Meu pai e a sua Ítaca encantada

Na tarde de domingo, dia 5 de novembro, após um breve cochilo, senti um forte, porém agradável cheiro de flores*, perto da rede em que eu repousava. Sabia que era um sinal. Entretanto, por cautela, perguntei a Fátima, minha mulher, e a minha filha Elmara se haviam usado algum tipo de perfume, sabonete ou desodorante.

Por: elmar

Carta/resenha de Histórias de Évora (*)

Meu caro mestre Elmar,

Foi quase de uma sentada só, de um único folego que li seu livro Histórias de Évora.  Acredito que seu primeiro romance, visto que de sua lavra conheço ensaios, contos e poesias. Foi sem dúvida uma bela estreia, merecendo todas as congratulações pela iniciativa e mais ainda pela criatividade.

Por: elmar

O Centenário de Cláudio Pacheco

Foi hoje a primeira sessão da Academia Piauiense presidida pelo historiador Reginaldo Miranda. Os acadêmicos manifestaram suas felicitações e lhe desejaram uma profícua administração.

Por: elmar

Síntese de Campo Maior nas décadas de 70/80

A benevolência, fruto da amizade adquirida ao longo dos anos, aliada aos laços familiares, talvez tenha sido o motivo pelo qual Elmar, desta vez, me convida para tecer comentários sobre nossa Campo Maior dos meados de 70/80, em razão de sua nova produção literária – Histórias de Évora – romance que ficcionalmente nos mostra aspectos urbanísticos, socioeconômicos, cu

Por: elmar

Fotos Antigas

Onde estão aquelas pessoas

que assistiam ao comício na velha praça,

que já não existe, exceto na foto desbotada

e carcomida pelas traças implacáveis?

 

Muitas já estão dormindo,

dormindo profundamente

(como no poema de Bandeira),

no Cemitério da Igualdade

ou em outro campo santo qualquer.

Por: elmar