elmarcarvalho@uol.com.br|Envie uma mensagem|Saiba mais



Blog de elmar

HISTÓRIAS DE ÉVORA E/OU A TRANSFIGURAÇÃO DE UM POETA EM PROSADOR

HISTÓRIAS DE ÉVORA E/OU A TRANSFIGURAÇÃO DE UM POETA EM PROSADOR

 

Ivanildo di Deus

Professor e escritor

 

Por: elmar

Um instantâneo da APL

Fui à APL, para desempenhar minhas funções de 1º secretário. Aproveitei para tirar uma fotografia do belo e sóbrio sobrado da Miguel Rosa, perto do cruzamento com a avenida Frei Serafim, onde funciona o sodalício. Lá encontrei o presidente Reginaldo Miranda, entusiasmado com os seus planos e projetos, e no firme propósito de executá-los fielmente.

Por: elmar

Ponte Estaiada e Mestre Isidoro França

Voltei há pouco de minha caminhada na avenida Raul Lopes, que durante estas minhas férias venho fazendo quase diariamente.

Por: elmar

Galo Magro

GALO MAGRO

Elmar Carvalho

Galo Magro

         não tinha

         penas multicores

         não tinha canto

         nem encanto

Por: elmar

Lançamento do livro Parnárias

O SESC/Piauí convida para o lançamento do livro PARNÁRIAS, organizado por Alcenor Candeira Filho, Elmar Carvalho e Inácio Marinheiro.

Por: elmar

Encantos e lucubrações de Évora

Encantos e lucubrações de Évora

José Maria Vasconcelos

Cronista, josemaria001@hotmail.com

Por: elmar

Nestor Rios e as madeixas de Getúlio

Dois ou três domingos atrás, fui à casa de meu colega e amigo João Batista Rios, juiz aposentado, teólogo e agora diácono, além de membro do Tribunal Eclesiástico da Arquidiocese de Teresina.

Por: elmar

Sobre o Romance “Histórias de Évora”

O livro Histórias de Évora, do conhecido escritor e dileto amigo Elmar Carvalho, despertou-me o interesse desde o primeiro momento, interesse este ainda mais aguçado quando ele, num tom quase confidencial, disse-me que me encontraria naquele romance, em particular nas peripécias do protagonista Marcos.

Por: elmar

Apresentação do livro "palavra SERtão"

Por: elmar

Corujas, tetéus, casacas e outros bichos

No local onde nos últimos meses me hospedo em Parnaíba, tenho ainda uma bela visão, de paisagens próximas e de outras que vejo ao longe. Assim, vejo os grandes cata-ventos das usinas eólicas, que me fazem recordar os belos e quase bucólicos cata-ventos de minha meninice, e as dunas que outrora ornaram a Lagoa do Portinho...

Por: elmar