Mensagem de Natal - O Nascimento de Jesus Cristo.

Desejo compartilhar um pouco com vocês sobre o nascimento de Jesus Cristo, que simbolicamente celebramos no dia 25 de dezembro, o que chamamos de Natal. A palavra Natal vem do latim e significa nascimento.

O Natal não é uma celebração bíblica: não há nenhuma referência no Novo Testamento de cristãos celebrando o nascimento de Jesus Cristo. A data de 25 de dezembro começou a ser celebrada oficialmente como nascimento de Jesus por determinação do Papa Julio I (280-352 d.C). A idéia por trás da celebração era imprimir no coração das pessoas a importância do nascimento do Filho de Deus.

E, com o passar do tempo, muitos símbolos foram sendo acrescentados à festa de Natal, como árvores, presentes, velas, estrelas, cartões, comidas típicas, presépio, Papai Noel, etc. Atualmente acrescentamos, ainda, o 13° salário e o shopping Center. Só que tais coisas, por mais inovadoras que sejam, acabam tirando o foco do nascimento de Jesus Cristo. Normalmente ouvirmos frases como: "Natal é paz", "Natal é esperança", "Natal é um mundo melhor", "O espírito do Natal vai te contagiar". No entanto, por trás dessas palavras, existem outros significados: "Muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender”, "O espírito do feriado prolongado", "As comidas e as bebidas é que vão te contagiar".

É nesta época do ano, que aparentemente as pessoas se tornam mais religiosas e sensíveis, liberam perdão e tornam-se mais solidárias e humildes, “supostamente”. Por outro lado, também evidenciamos muita ganância e materialismo.

Para nós os cristãos, Natal é a celebração do cumprimento das profecias do Antigo Testamento, sendo concretizada no Novo Testamento.

Em Isaías 9.1-7 - temos uma profecia, revelada 750 anos antes de o Messias nascer, que fala da luz, da paz, da justiça e da retidão que Ele traria. Analisemos o cumprimento de algumas dessas profecias no Novo Testamento.

1. Luz

Jesus é a Luz do mundo. Jesus é a Luz da vida. Jesus é a Luz dos homens. Jesus brilha em meio ás trevas. A Bíblia assim afirma: João 1.4-5; 10-12; 8.12. A palavra luz é associada em conexão com alegria, benção e vida. Em contraste, a palavra trevas é empregada com adversidade, tristeza e morte.

O mês de dezembro é muito especial para toda humanidade, pois é um tempo de profunda reflexão. Um tempo para meditarmos sobre o poder de Jesus Cristo em nossas vidas. É incrível pensar nas bênçãos espirituais, materiais e emocionais que recebemos neste ano por estarmos na Luz que é Cristo Jesus o Senhor e Salvador.

2. Príncipe da Paz

Ser Príncipe da Paz significa que Jesus, Ele mesmo é a Paz. Podemos verificar o cumprimento dessa profecia em Lucas 2.14, 29-32 e João 14.27, 16.33. Jesus veio trazer paz aos homens: a verdadeira paz, não uma paz esporádica, passageira. Isso não significa que agora não iremos mais sofrer, ou passarmos por provações, que nossas dores ou enfermidades nesse mundo não existirá, isto contraria as palavras de Jesus que disse: “no mundo tereis aflições...”. A paz que Jesus veio oferecer é algo interior: paz para podermos suportar as pressões do dia a dia sem se corromper nosso espírito. Somos muito pressionados no trabalho, em casa, por dívidas, por injustiças, pelos desafios da vida. Todas essas coisas tende a tirar nossa paz e alegria no nosso viver diário. No entanto, Jesus disse: "Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz".  A verdadeira Paz só é alcançada por intermédio de Jesus. O Jesus Cristo o príncipe da Paz diz muitas coisas através da Bíblia para que possamos alcançar a verdadeira paz.

3. Maravilhoso Conselheiro

Outra profecia em Isaías 9 é que o menino seria conhecido como o Maravilhoso Conselheiro. A idéia por trás desse conceito está em Provérbios 24.6 - "Quem sai à guerra precisa de orientação e com muitos conselheiros se obtém a vitória." Jesus nasceu para se tornar o Maravilhoso Conselheiro. O cumprimento dessa profecia está em todo o evangelho. A sabedoria de Cristo nas parábolas revela o poder que há nas palavras do mestre. Jesus é o único conselheiro perfeito, que não erra nunca.

João 14.15-17; 25-26; 15.26-27; 16.7-8

O Maravilhoso Conselheiro habita em nós para sempre. Ele ensinará todas as coisas, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo. Imagine como seria o mundo se fosse dirigido pelos conselhos de Jesus Cristo. As famílias seriam estruturadas e unidas, os namoros seriam puros, Os casamentos iriam permanecer intactos, os filhos seriam obedientes. Não haveria fome. Lembre-se o que a Bíblia Sagrada nos ensina: "Com muitos conselheiros se obtém a vitória". Que o Maravilhoso Conselheiro seja seu orientador da vida.

É bem verdade que o nascimento de Jesus trouxe muitas outras bênçãos para nossas vidas. Vamos aproveitar esse tempo de comemoração do Natal para refletirmos sobre como Jesus tem tocado pessoalmente nossas vidas, em MIM, e em VOCÊ. Pense Nisso.

Um Feliz Natal

É o que desejamos a todos vocês,

Família Sena