Faculdade "CEERSEMA" aplica golpes no Piauí e vira caso de polícia

CEERSEMA - Imagem site Folha de Batalha

Estudantes de Esperantina e Batalha já entraram na justiça contra o Centro Ecumênico de Estudos Superiores do Estado do Maranhão – CEERSEMA. Vários acadêmicos de Parnaíba também estão à espera do diploma à pelo menos 1 ano.

A CEERSEMA tem sede em São Luis no Maranhão, abriu um pólo em Batalha entre 2003/2004 para oferecer o curso de Pedagogia. A primeira turma concluiu os 4 anos previstos na grade curricular para a emissão do Diploma de Graduação, quando esperava os procedimentos finais a instituição informa que era preciso pagar uma taxa de mais de R$1.000,00, passar por um programa de aproveitamento e só depois receber o Diploma de Graduação. Ocorre que já faz muito tempo que a primeira turma terminou e até o presente nada foi resolvido.

Um grupo de estudantes entrou com ação judicial contra o CEERSEMA, houve audiência e acordo para resolver o dilema, mas o acordo não foi cumprido pela instituição. Então, os estudantes resolveram acionar também a Polícia afim de que tome as providências cabíveis no sentido de acabar de uma vez por todas com essa farsa, comentou um estudante.

A instituição tem pólos também em Barras, Piripiri, Piracuruca, Esperantina entre outros municípios, estes também podem acionar a Justiça e a Polícia.

“Agente espera que a Polícia promova as investigações o mais breve possível. Quem ainda não registrou o Boletim de Ocorrência, pode fazê-lo logo, procure a Delegacia postando documentos pessoais”, conclui Nonato Silva.

O problema não é novo. Na vizinha cidade de Esperantina aconteceu a mesma coisa, dezenas de estudantes denunciaram a Instituição junto ao Ministério Público Estadual.  CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA.

A Promotoria de Justiça de Cururupu, Estado do Maranhão, também ajuizou Ação Civil Pública contra o Centro Ecumênico de Estudos Religiosos Superiores do Maranhão (CEERSEMA) para a suspensão de toda e qualquer atividade de curso superior oferecida no município, bem como das cobranças pelos serviços prestados, sob pena de prisão dos seus representantes legais por desobediência. CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA

Em Parnaíba, a faculdade funcionou provisoriamente em diversas escolas públicas. Unidade Escolar Clóvis Salgado, Cândido Athayde e Edison Cunha, são algumas delas. Os professores também vem de fora, embora alguns de Parnaíba tenham sido contratados a exemplo do Professor Iweltman Mendes, Pastor Vinícius e Professor Jayme.

A última formatura realizada pelo CEERSEMA em Parnaíba foi em 2009. Abaixo, uma imagem da última solenidade realizada pela faculdade ocorrida no auditório da UFPI em 2009. As placas dos formandos estão na sede do Instituto Histórico Geográfico e genealógico de Parnaíba. A maioria dos formados estão cursando outras faculdades, pois, embora tenham recorrido à justiça, não crêem que o CEERSEMA seja punido ou resolva a situação.

O site Folha de Batalha, conseguiu ainda cópias de boletins de ocorrência registrados na cidade de Batalha. 

Fonte: Folhadebatalha.com
Edição de Samuel Aguiar para o Proparnaiba.com