Delegada apura sumiço de R$ 60 mil durante assalto a casa lotérica

A Delegada de Polícia Dra. Maria de Jesus Bastos está à frente das investigações que apuram o desaparecimento de uma mochila jeans com R$ 60.000 (sessenta mil reais) da Casa Lotérica Mega Sorte, localizada na Av. Dr. João Silva Filho no Conjunto Betânia em Parnaíba.

A Casa Lotérica foi alvo de tentativa de assalto na noite de sexta-feira (06) que resultou na morte do assaltante Kelson Willian de Azevedo e a prisão do assaltante Ricardo Aguiar de Sousa, “O Batata” e a liberdade de quatro funcionários da Casa Lotérica e um vigilante da CET-SEG que foram feitos reféns pelos bandidos.

O assaltante Ricardo Aguiar, “O Batata” ao vê seu comparsa Kelson ser morto, recuou rapidamente para o interior da lotérica com uma funcionária, e minutos depois decidiu abandonar sua arma um revólver calibre 38 dentro da lotérica e saiu para se entregar. Nesse momento, ele pegou a mochila com o dinheiro e jogou na calçada e em seguida se deitou no chão ao lado dela.

Em seguida, policiais se aproximaram de “Batata” e deram voz de prisão. Logo após, uma multidão se aproximou do bandido e tentou linchá-lo. A polícia levou Ricardo para ser medicado no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde e foi encaminhado para a Central de Flagrantes no bairro São Benedito, onde foi autuado pela Delegada Dra. Maria Jesus Bastos por tentativa de homicídio, associação criminosa armada, resistência, roubo e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ele já se encontra recolhido à Penitenciária Mista de Parnaíba desde as 18hs de ontem (07).

Blog do Yuri Gomes
Edição: Proparnaiba.com

 
Por: redacao