ZPE reúne representantes ministeriais para tratar de investimentos

A Companhia Administradora da ZPE Parnaíba realizou reunião na manhã desta quinta-feira (19) com representantes do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e os empresários responsáveis pelas duas primeiras indústrias do condomínio industrial exportador do Piauí. 

O presidente da ZPE, Paulo Cardoso, o Diretor Administrativo Carlos Teles e o Diretor Dinarte Porto receberam os representantes do MDIC Leonardo Rabelo de Santana e José Ribamar Vieira de Araújo Júnior; e os empresários Marcelo Sombra, da Indústria Agrocera, e Antonio de Pádua, Mário Josino e José Ivaldo da Indústria Ecopellets, para fazerem uma apresentação sobre o estágio atual de implantação da ZPE e dar encaminhamentos às novas demandas surgidas a partir das etapas já executadas ou em execução.

Paulo Cardoso transmitiu os compromissos assumidos pelo governador Wellington Dias, que inclui a conclusão, em poucos dias, da obra complementar de reforço à rede de eletrificação industrial já existente na ZPE, além da execução das demais obras complementares exigidas pela Receita Federal do Brasil, necessárias ao alfandegamento ainda este ano.

O empresário Marcelo Sombra informou na reunião que naquele mesmo dia a Agrocera estava enviando dois contêineres de cera de carnaúba para o Japão e outros países asiáticos,  relatando ainda que no último mês de dezembro exportou para a Europa e Ásia 170 toneladas de cera de carnaúba produzidas na ZPE Parnaíba.

O representante do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior destacou que a ZPE Parnaíba está entre as duas mais avançadas do Brasil, de um total de 19 em implantação. Segundo Leonardo Rabelo, as únicas ZPEs que estão produzindo no país são as do Pecém, no Ceará, e de Parnaíba, no Piauí. "As demais ZPEs ainda estão tentando viabilizar suas etapas iniciais de implantação", disse.

Leonardo Rabelo e Ribamar Vieira se disponibilizaram para colaborar com a política de atração de novas indústrias para a ZPE, através dos instrumentos apropriados e dos contatos de que dispõe o Ministério do Desenvolvimento.

Durante a reunião desta quinta-feira, os empresários apresentaram demandas relativas às áreas tributária e fiscal, bem como respostas a quesitos sobre a oferta de energia no parque industrial. A Companhia Administradora da ZPE se comprometeu de fazer os devidos encaminhamentos junto às instâncias do Governo Estadual de modo atender às expectativas dos industriários exportadores.

Ascom
Edição: Proparnaiba.com

 

Por: redacao