Preso integrante de quadrilha que furtava gado no litoral

Uma sociedade criminosa especializada em furto de gado na zona rural do município de Ilha Grande teve um de seus membros preso no início da tarde desta segunda-feira (17/04), no povoado Barro Vermelho. Produtores rurais daquele município são lesados há anos com o furto de seu gado.

gado amarrado

Por volta das 11hs, Eronildo Galeno tomou conhecimento de que o rebanho estava sendo furtado novamente.  Ele foi até o local, com o também criador de gado, João Batista. No meio do mato encontraram parte do gado amarrado e um carro Fiat Doblô utilizado no transporte do gado furtado.

Segundo as vítimas, o veículo é usado para que o gado furtado não seja visto durante o transporte. Quando os homens adentraram o mato no Barro Vermelho, integrantes da quadrilha fugiram e abandonaram uma moto I/Yinxiang Iros One, modelo 2009, de cor preta, placa NQW 4946 Sobral (CE).

one

Mário Lúcio Soares da Silva Filho, 26 anos, foi capturado quando fugia e o amarraram com as cordas usadas para prender o gado. Em seguida, uma guarnição da Polícia Militar, comandada pelo cabo Silveira, foi até o local e deu voz de prisão a Mário Lúcio e o conduziu para o Pronto Socorro Municipal, onde foi medicado e lhe foi suturado um corte na cabeça. O caso foi levado para a Central de Flagrantes. 

condução de Mário Lúcio

Eronildo Galeno informou que perdeu a conta de tantas vezes foi vítima de furto do seu gado e apresentou Boletim de Ocorrência (BO).

O bando tem o hábito de amarrar o gado no turno da noite e cedo da manhã faz o transporte concretizando o crime.

 

Fonte: costanorte

Edição: Proparnaiba.com

Por: redacao