Ópera da Serra da Capivara é destaque no Ministério do Turismo

Considerado o coração do Parque Nacional da Serra da Capivara (PI), o anfiteatro da Pedra Furada será cenário da 1ª edição da Ópera da Serra da Capivara.  A previsão é que cada uma das três noites de apresentação - 27 a 29 de julho - receba um público de 1,2 mil pessoas, capacidade máxima de acesso ao parque. A proposta do festival é reunir música, dança e teatro em sintonia com imagens, luzes e cores projetadas no paredão natural.

Reconhecido pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, o parque, que é berço do homem americano, tem uma atmosfera mágica. O local abriga 1.354 sítios pré-históricos, sendo 183 abertos à visitação e 17 deles acessíveis às pessoas com dificuldades de locomoção.


Pinturas rupestres (crédito: Embratur); Dançarinos (crédito: Governo do Piauí); Pedra Furada (crédito: Embratur)

A proposta da Ópera da Serra da Capivara é mesclar natureza e cultura; arte e técnica; passado e presente; história e pré-história. É a união entre a beleza das formas de arte e as escavações arqueológicas, pinturas rupestres e exuberância dos monumentos geológicos, aliados à diversidade da fauna e flora da caatinga. Os dias de sol e as noites estreladas de clima ameno são um convite para os visitantes curtirem os atrativos naturais e culturais durante a viagem musical e arqueológica.

Como parte da programação do evento, destaque para o Ato Ancestral que será apresentado todas as noites na Pedra Furada. O espetáculo recontará a história da cultura do homem americano tendo como cenário a metamorfose da caatinga e as apresentações serão feitas ao som de uma trilha sonora gravada pela Orquestra Sinfônica de São Petersburgo (Rússia).

 

Fonte: Ministério do Turismo

Por: redacao