Governador visita obras e autoriza mais ações para Parnaíba

O governador Wellington Dias visitou, nessa terça-feira (1º), no município de Parnaíba, obras executadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER), Centro Integrado de Reabilitação (Ceir); além de autorizar mais ações que devem beneficiar o município e o estado. 

Uma das obras visitadas foi a ampliação da Casa da Gestante e do Centro de Parto Normal. “O que eu destaco é a linha da humanização. Estamos trabalhando para que mãe e filho possam ter toda assistência antes e depois do parto, com todo cuidado e atenção que merecem”,destacou Wellington, que conferiu ainda também as instalações do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde.

Parnaíba também vai receber, em breve, um Centro de Reabilitação (Ceir). “É mais um sonho realizado, mais uma conquista. Estamos trabalhando para que essa obra realmente fique pronta no cronograma estabelecido de um ano. Queremos que as pessoas que residam em Parnaíba não precisem se deslocar até Teresina para fazer um tratamento de reabilitação”, explicou o secretário de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo.

Na área da tecnologia, o governador autorizou a licitação para contratação de Parceria Público-Privada (PPP) para construção, operação e manutenção de infraestrutura de transporte de dados no Estado.

A infraestrutura da PPP prevê a instalação de 5.000 km de fibra óptica que possibilitará conectar 80% da população piauiense, que vive em 98 municípios. Com capacidade de 60 gigabytes e 1.500 pontos de acesso, a PPP vai tirar o Piauí da penúltima colocação no ranking nacional da inclusão digital. O objetivo é melhorar a qualidade dos serviços prestados aos servidores públicos e aos cidadãos piauienses.

Regularização Fundiária

Ainda em Parnaíba, o governador entregou a regularização fundiária do conjunto habitacional Joaz Sousa, que possui 1.032 lotes, sendo 928 unidades habitacionais construídas pela extinta Cohab-PI.

Construído em 1983, regularização vai beneficiar, em média, 3.712 pessoas que há algum tempo esperavam pela averbação do empreendimento habitacional.

"É um conjunto que há 34 anos foi entregue à população e agora dentro do Programa Minha Casa Legal nós finalmente estamos entregando a averbação, a regularização fundiária de todo o conjunto Joaz Sousa", afirmou o diretor-presidente da Emgerpi, Ricardo Pontes.

 

Ccom