Aplicativo para irrigação automatizada ganha o Hackathon Embrapa

Com o aplicativo de celular “Irrigação Automatizada”, a equipe TecAgro, da faculdade AESPI-FAPI, de Teresina, é a grande campeã da maratona Hackathon Acadêmico Embrapa Nacional 2017 no Piauí. A  equipe recebeu 377 pontos. A segunda colocada, com 196 pontos, foi a equipe Omni, que apresentou o trabalho Loja do Caupi, um aplicativo de celular que conecta produtores e compradores de sementes. Em  terceiro lugar, com 184 pontos, ficou a equipe Team One, que construiu o Bom Feijão, também um aplicativo de celular que mostra a viabilidade do plantio de feijão-caupi em regiões do Piauí.

A apresentação dos trabalhos, o julgamento e a divulgação do resultado aconteceram na tarde desta quarta-feira 18, no auditório central da Embrapa Meio-Norte. As equipes vencedoras ganharão cursos de informática e design durante três meses, na ALURA, escola digital com sede em São Paulo; e mais dois livros digitais  da editora Casa do Código, também da capital paulista; e três kits avançados de Arduíno, que é uma plataforma aberta para prototipagem de hardware, utilizada no desenvolvimento de soluções acessíveis e de baixo custo.

Os estudantes vencedores ganharam ainda a oportunidade de estagiar na Embrapa Meio-Norte para aperfeiçoar os aplicativos na prática.

Das 10 equipes inscritas no hackathon, cujo tema foi Feijão-caupi: manejo sustentável e mercado, apenas sete apresentaram os trabalhos:  TecAgro, Omni, Team One, Meraki, ADS-AESPI, THESENVOLVER e Team-UFPI. Os estudantes que participaram da maratona são alunos de faculdades particulares e das universidades Federal e Estadual do Piauí.

A comissão julgadora dos trabalhos foi formada pelos pesquisadores Jorge Hashimoto, Kaesel Damasceno, Edson Bastos e Rosa Mota; e pelos analistas Antônio Lima, José Câmara e Bruno Pessoa. O chefe geral da Unidade, Luiz Fernando Leite, presidiu a solenidade de entrega dos troféus, que terminou início da noite.

O objetivo da maratona é auxiliar técnicos e produtores na tomada de decisões para a sustentabilidade da agricultura e  pecuária, com resultados de pesquisas da Embrapa, beneficiando a sociedade.           Participam do hackathon, além da Embrapa Meio-Norte, as Unidades Amazônia Oriental (Belém/PA), Roraima (Boa Vista/RR), Informação Tecnológica (Brasília/DF) e Agrobiologia (Seropédica/RJ).

Ascom

Por: redacao