Policiais militares arriscam a vida em salvamento na Pedra do Sal

Uma guarnição da Polícia Militar, comandada pelo sargento Gilson Alves, tendo como patrulheiros o cabo Madson Carvalho e o soldado Funaro, realizaram, com risco de vida, o salvamento de dois banhistas na Praia da Pedra do Sal, na segunda-feira, 1º de janeiro.

A guarnição fazia abordagens de rotina nas pedras da Praia da Pedra do Sal, quando, por volta das 14:30h uma mulher gritou desesperada que dois jovens estavam se afogando no lado do mar brabo da praia. Os policiais correram, retiraram os coletes e fizeram um cordão humano com mais dois banhistas, sob o olhar inerte de várias pessoas na praia lotada.

Os policiais não conseguiram se manter em pé devido a forte correnteza, sendo que os jovens estavam se afogando a pelo menos vinte metros de distância. O sargento Gilson teve a ideia de pegar um cano de um estabelecimento, retornaram ao mar e conseguiram resgatar um dos jovens. Estavam todos exaustos com o esforço desprendido.

Em seguida, tomaram conhecimento de que Robson Alves Ferreira da Silva tinha sido arrastado pelas ondas até as pedras. Neste momento os policiais novamente entraram no mar e com apoio de mais dois rapazes conseguiram regatar Robson. Rapidamente começaram a fazer massagem cardíaca, e os policiais se revezaram, quando o jovem reagiu.

O sargento Gilson gritou que chamassem o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Foi quase meia hora de esforço. Quando Samu chegou, a equipe manteve as manobras de reanimação, mas sem êxito. O sargento Gilson relatou ao Portal Costa Norte, que sua equipe estava no limite das forças; mas levou a ação até as últimas consequências, inclusive perdeu o aparelho celular no mar e fato do afogamento teve repercussões em seu psicológico, pois desejava Robson tivesse sobrevivido.

 

Com informações e imagem da costanorte